Dissertação monotiva

Dissertação monotiva Premium gy EJDF 2012 3 pazes Crescimento Econômico – Aumento da capacidade produtiva da economia e, portanto, da produção de bens e serviços de determinado país ou área econômica. É definido basicamente pelo índice de crescimento anual do Produto Interno Bruto (PIB) per capita ou renda per capta.

O crescimento de uma economia é indicado ainda pelo Índice de crescimento da força de trabalho, pela proporção da receita nacional poupada e investida e pelo grau de aperfeiçoamento tecnológico. Desenvolvimento Econômico – Crescimento econômico (aumento o Produto Interno Bruto per capita) acompanhado pela melhoria do padrão de vida da população e por alterações fundamentais na estrutura de sua economia.

O estudo do desenvolvimento economico e social profunda desigualdade, de um e se industrializaram o, ora e atinglram elevados erial, to view compartilhados por a lação, e, de outro, aqueles que não se i o permaneceram em situação de pobreza e com acentuados desn eis sociais. Durante o século XIX, a industrialização de muitos países da Europa e da América do Norte reduziu os demais países à condição de colônias políticas elou econômicas dos primeiros.

A guinada para o desenvolvimento, ocorrida a partir da Segunda Guerra Mundial, foi quase sempre precedida por mudanças políticas profundas (especialmente a conquista da Independência politica e a formação de governos que colocavam o desenvolvimento nacional como objetivo principal); a partir daí fortaleceu-se a idéia de “desenvolvimento”, um processo de Swipe to vlew next page transformação estrutural com o objetivo de superar o atraso histórico em que se encontravam esses parses e alcançar, no prazo mais curto possível, o nível de bem-estar dos países considerados “desenvolvidos”.

O desenvolvimento de cada pais epende de suas características próprias (situação geográfica, passado histórico, extensão territorial, população, cultura e recursos naturais). De maneira geral, contudo, as mudanças que caracterizam o desenvolvimento econômico consistem no aumento da atividade industrial em comparação com a atividade agrícola, migração da mão-de-obra do campo para as cidades, redução das importações de produtos industrializados e das exportações de produtos primários e menor dependência de auxílio externo.

A Organização das Nações Unidas usa os seguintes indicadores para classificar os países segundo o grau e desenvolvimento: índice de mortalidade infantil, expectativa de vida média, grau de dependência econômica externa, nível de industrialização, potencial científico e tecnológico, grau de alfabetização, instrução e condições sanitárias.

Entre os muitos obstáculos ao desenvolvimento o principal é a dificuldade de toda a população integrar-se ao processo. índice de Desenvolvimento Humano (IDH) – O índice de Desenvolvmento Humano (IDH) foi desenvolvido em 1990 pelo economista Mahbub ul Haq, com a colaboração de Amartya Sen. Vem sendo atualizado e divulgado pelo Programa das Nações Unidas no seu relatório anual e publicado em mais de cem países.

Trata-se de um índice que se contrapõe a outro indicador muito utilizado, o Produto Interno Bruto (PIB) per capita ou renda per capta, e que procura considerar não apenas a dimensão econômica, mas PAGFarl(F3 (PIB) per capta ou renda per capta, e que procura considerar não apenas a dimensão econômica, mas outros aspectos que influenciam na qualidade de vida humana.

O IDH varia de O (zero) a 1 (um) e representa uma medida conjunta de três dimensões do desenvolvimento humano: i) a renda, medida através do PIB per capita, co rigido pelo poder e compra da moeda de cada país; ii) a longevidade medida através dos números de expectativa de vida ao nascer; e iii) a educação, avaliada pelo índice de analfabetismo e pela taxa de matrícula em todos os niveis de ensino.

Deve-se mencionar, no entanto, que o índice não é uma medida abrangente do desenvolvimento humano, pois, deixa de Incluir indicadores importantes como o respeito pelos direitos humanos, a democracia e a desigualdade. Índice de Gini – medida de desigualdade utilizada em estudos sobre a distribuição da renda. índice criado pelo estatístico italiano Corrado Gini em 1912. Ele desenvolveu um método ara calcular o percentual da renda total que cada parcela da população de um país tem em determinado ano, ou seja, como ela é distribuída.

Para isso ele criou um índice que vai de a 1 (ou de O a 100). O índice zero mostra uma sociedade em que todos teriam a mesma renda per capta. Quando mais próximo de 1 (ou de 100), maior a desigualdade de renda da população. Produto Interno Bruto (PIB) – refere-se aos valores dos produtos e serviços finais (excluso os bens intermediários) realizados por residentes no país, em um período de tempo determinado, independente da nacionalidade da unidade produtiva dos bens e serviços. PAGF3ÜF3

Leave a Reply:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *