A arte da guerra nos dias atuais

Trabalho apresentado para avaliação na matéria de Administração, ministrada pela professora Terezinha Suely, para o curso de Ciências Contábeis, turma CCN02S1. Este trabalho tem como objetivo mostrar como as técnicas de guerra descritas por Sun Tzu no livro A Arte da Guerra podem ser usadas como parâmetro na hora de elaborar um planejamento estratégico empresarial. Alunos: Monnisy Ravena Larissa Laianne Ádria Caroline Dane Keule ar 3 Ramunda Silmara to view nut*ge Wellington Viana Emersom Ferreira Apresentação dos capítulos nove, dez e onze do livro, A Arte da Guerra.

Capitulo 9 – Exército em Marcha • É importante observar o adversário, conhecer as suas forças e reações e saber como ele reagirá as suas ações. • Antes de ordenar o acampamento informa-te da posição de teus inimigos. Analisa o terreno e escolhe o mais vantajoso. terreno • Se o lugar que desejas está ao alcance tanto do inimigo quanto de t’, se ele pode ocupa-lo tão facilmente quanto tu, toma a dianteira. • Repito que o conhecimento exato do terreno é o material e social de que o general dispõe para arquitetar uma vitória tão elevante para a tranquilidade e a gloria do estado. ?? Quando os soldados são fortes e os oficiais fracos, vem a insubordinação. Quando os oficiais são fortes vem o colapso. • Quando o líder é fraco e sem autoridade, suas ordens não são claras e compreensíveis e não há obrigações determinadas para sua equipe, o resultado é a desorganização absoluta. • O bom estrategista trata os membros da sua equipe como filhos e não como filhos queridos. Capitulo 11-As Nove Situações • O estrategista habilidoso pode ser comparado a cobra Shundi – an.

Quando atacada na cabeça, revida com o rabo. Quando atacada no rabo, revida pela cabeça, quando atacada no meio revida, com a cabeça e o rabo. • A estratégia deve ser traçada conforme o tipo de terreno a ser conquistado. membros da equipe • Não teremos sucesso, a PAGO ri’ 3 planejamento. Quanto mais instável e complexo o ambiente, maior a necessidade de foco. É através desta análise que podemos identificar as possibilidades de sucesso no empreendimento e também de conhecer as nossas limitações e os pontos fortes.

As estratégias elaboradas devem ser flexíveis, pois o ambiente está em constante mutação e a necessidade de adaptação é fundamental. Nós vamos falar sobre uma empresa competitiva que busca expandir seus negócios no ramo de EPS – (Poliestireno Intensivo Derivado do petróleo), ou seja, fabricação de calço de isopor para embalagens. A empresa chama – se Isopel e tem uma produção no momento de 390 umês. O fato de o mercado ser competitivo, faz com que as empresas tenham a necessidade de conhecer seus concorrentes em todas s áreas possíveis para poder trabalhar suas estratégias em cima disso.

Ao mesmo tempo, tem que trabalhar motivando seus funcionários diariamente e qualifica-los pois eles são os “soldados” que são a base de qualquer empresa. Exercito em Marcha — A importâncias dos funcionários para impulsionar a empresa. O terreno – Conhecer o mercado e os concorrentes a fundo. As Nove Situações – As estratégias traçadas para garantir o crescimento e o sucesso da empresa. Centro Universitário do Norte – UNINORTE Laureate International Universities AIGF3rl(F3

Leave a Reply:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *