Titulo

Desenvolvimento teórico O O pára-raios foi inventado por Benjamin Franklin em 1752, quando fez uma perigosa experiência utilizando um fio de metal para empinar uma pipa de papel e observou que a carga elétrica dos raios descia pelo dispositivo. provou também que hastes de metal, quando em contato com a superfície terrestre poderiam servir como condutores elétricos, inventando assim, o pára-raios.

Um pára-raios é uma haste de metal pontiaguda que é conectada a cabos de cobre ou de alumínio de pequena resistividade que vão até o solo. As pontas do pára-rai raio é atraído ele é d o solo, sem causar falar que os pára-raio compreendermos m la ora to view raios, assim que o cabos e dissipado ncias. O fato de maneira para para-raios nao atraem os raios, apenas oferecem um caminho para chegar ao solo com pouca resistividade. s Swlpe to vlew next page Os pára-raios têm de serem colocados em lugares bem altos, pois o ralo tende a atingir o ponto mais alto de uma área. Geralmente eles são colocados em topos de edifícios, em topos de antenas de transmissões de televisões, rádios, etc. [pic] A função dos pára-raios é proteger construções, como edifícios, casas, etc. contra as descargas elétricas atmosféricas (raios).

Eles evitam a queima de equipamentos domésticos, como computadores, televisores, aparelhos eletrodomésticos, Para sabermos o raio de abrangência de um pára-raios devemos pegar a altura da ponta do para-raios até o solo e multiplicar pela raiz quadrada de três: r =v’3 h Em temporais a falta de pára-raios pode causar grandes danos não somente aos equipamentos domésticos como citado acima, mas se um raio cair sobre uma pessoa, esta pode vir a ter uma parada cardíaca e até falecer. Por estes motivos é muito importante ter um para-raios por perto!

Leave a Reply:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *