Estudando ma

X WEBER Estudando Max Weber, o sociólogo defendeu que o Estado é caracterizado pelo monopólio do exercício da força em uma sociedade. Enquanto máfias e outras organizações armadas disputam entre si o controle sobre territórios e indivíduos pelo simples uso da força, o Estado se diferencia dessas pela legitmldade com que se encontra investido para exercer, em última instância, a força física sobre os indivíduos.

Isso significa que apenas as organizações estatais — e nenhuma outra, têm o reconhecimento da população para estabelecer regras a serem bedecidas por todos, administrar a justiça, cobrar impostos, julgar e punir os infratores das regras comuns. Montesquieu analisou em sua obra “O Espírito das Leis” SWP to page as principais formas e república), colocan PACE 1 ora parlamentarista.

O fil • dos Três Poderes (Le um deles presidido p , monarquia monarquia ssaria a separação iciário), sendo cada ta e autônoma_ Após a Revolução Francesa, suas teorias influenciaram na formação dos Estados europeus e na Constituição dos Estados Unidos da América. Jean-Jacques Rousseau criticava tanto a monar onarquia quanto a burguesia, sua posição era de defesa às classes populares. Pregava uma sociedade justa onde todos seriam iguais e essa sociedade deveria ser governada pela soberania do povo.

Ao contrário dos outros iluministas, Rousseau acreditava que a propriedade privada corrompia o homem, para ele, os homens deveriam assinar um Contrato Social onde estariam se sujeitando a vontade da maioria. Durante a Revolução, suas ideias influenciaram os partidos de esquerda ligados aos sans-culottes, principalmente os jacobinos e cordeliers, defensores de profundas mudanças na sociedade que eneficiassem os mais pobres. Adam Smith combate as práticas econômicas mercantilistas (adotada pelos reis absolutistas) e defende a Ilvre concorrência e a liberdade de mercado.

Segundo o autor, o Estado não se fazia mais necessário como controlador do comércio e da economia, pois o próprio mercado, através da livre concorrência, se regularia de acordo com a lei da oferta e da procura. Smith exigia assim, a liberdade de mercado e a não intervenção do Estado na economia. Com isso, o autor se tornou o mais importante teórico do capitalismo e do liberalismo econômico, sendo amplamente aceito pela burguesia.

Leave a Reply:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *