Economia

TRABALHO DE ECONOMIA – CAP S, 6 Questões para revisão CAP 5 1. R- Elasticidade-preço da demanda é a medida do quanto a quantidade demandada de um bem reage a uma mudança no preço do bem em questão, calculada como a variação percentual da quantidade demandada dividida pela variação percentual do preço. Quando a demanda é inelástica, um aumento de preços aumenta a receita total, e uma diminuição de preços reduz a receita total. Quando a demanda é elástica, um aumento de preços reduz a receita total, e uma diminuição de preços aumenta a receita total.

Quando a dema não afeta a receita to . R- Disponibilidade ança nos preços ors to view nut*ge imos: Bens substitutos próximos tendem a ter demanda mais elástica, pois é mais fácil para os consumidores trocar por outros. Bens necessários x bens supérfluos: Os bens necessários tendem a ter demanda inelastica, enquanto a demanda por bens de luxo tende a ser elástica. Definição do mercado: A elasticidade da demanda em qualquer mercado depende de como traçamos os limites deste.

Mercados definidos de forma restrita tendem a ter demanda mais elástica do que mercados definidos de forma ampla, uma vez que é mais fácil encontrar ubstitutos para bens definidos de maneira restrita. Horizonte de tempo: Os bens tendem a apresentar demanda Swlpe to vlew next page demanda mais elástica em horizontes de tempo mais longos. 3. R- Se a elasticidade é maior que 1, a demanda é elástica. Se a elasticidade é Igual a O, a demanda é perfeitamente Inelástica. 5.

R- Com uma cuwa de demanda elástica, um aumento no preço provoca uma redução proporcionalmente maior na quantidade demandada, logo a receita total diminui. 6. R- Denominamos de bens inferiores, pois a quantidade demandada e a renda se movem em direções opostas. Assim, possuem elasticidade-renda negativa. 7. R- Calcula-se dividindo variação percentual da quantidade ofertada pela variação percentual do preço. A elasticidade-preço da oferta mede o quanto a quantidade ofertada responde a mudanças no preço. 8.

R- A elasticidade é zero, pois a qualquer preço dado a quantidade ofertada será a mesma. 9. R- Costuma ser maior no longo prazo. Porque no curto prazo, quando a oferta e demanda são inelásticas, um deslocamento da oferta provoca um grande aumento no preço e no longo prazo quando oferta e demanda são elásticas, um deslocamento da ferta provoca um grande aumento no preço. 10. R- No decorrer de perí gos, os produtores de com maior economia, por exemplo, substituindo carros antigos e beberrões por outros mais novos e mais eficientes, que consomem menos gasolina.

Problemas e Aplicações – CAP 5 PAGF3rl(FS cobrado dos compradores, a curva de demanda desloca- se para baixo. A quantidade de equilíbrio cai. O preço que os vendedores recebem cai. O preço que os compradores pagam (inclu(do o imposto) aumenta. Embora o imposto seja cobrado dos compradores, compradores e vendedores dividem o ônus do imposto. Quando um imposto é cobrado dos vendedores, a curva de oferta desloca-se para cima. A quantidade de equilíbrio cai. O preço que os compradores pagam sobe. O preço que os vendedores recebem (após pagar os impostos) cai.

Embora o imposto seja cobrado dos vendedores, compradores e vendedores dividem o ônus do imposto. 5. R- Os compradores pagaram um preço mais alto, os vendedores receberam um preço menor e a quantidade vendida diminui. Ou seja, o mercado do produto diminui. 7. R- A elasticidade relativa da oferta e da demanda determina a maneira como o ônus tributário é dividido. Quando a oferta ? mais elástica do que a demanda, a incidência tributária real recai mai pesadamente sobre os consumidores do que sobre os produtores, uma vez que o preço pago pelos compradores aumenta consideravelmente.

Neste caso, o preço recebido pelos vendedores cai um pouco. Caso a demanda seja mais elástica do que a oferta, os impostos impactam mais os produtores. Com isso, o ônus de um imposto recai de forma mais intensa sobre o lado menos elástico do mercado, pois, a elasticidade mede a disposição dos compradores ou vendedor PAGF menos elástico do mercado, pois, a elasticidade mede a isposição dos compradores ou vendedores de sair do mercado. Uma baixa elasticidade da demanda indica que os compradores não estão com alternativas boas de consumo do bem.

No caso da oferta, a baixa elasticidade significa que os vendedores não possuem boas alternativas de produção do bem. Com o tributo, o lado menos favorecido não pode deixar o mercado com tanta facilidade quanto o outro e precisa, desta forma, arcar com uma parcela maior do ônus do imposto. Problemas e Aplicações — CAP 6 4-a) Há um equilíbrio dos preços quando não há impostos. b) Neste gráfico vemos que a diferença entre o preço pago elos consumidores e o preço recebido pelos produtores é exata o imposto pago ao governo federal (US$2).

A quantidade de cerveja vendida diminui devido ao aumento do custo do produto. 10-a) Com programas como campanhas publicitárias advertências obrigatórias e incentivo aos fumicultores, o prelo do cigarro se eleva, e como causa o consumidor de cigarros passa a fumar menos ou seja há uma queda nas vendas de cigarros. b) O preço do cigarro de eleva bastante devido há vários incentivos que o governo oferece. c) O consumo de cigarros cai devido às várias tarifações neste produto o que Incide no preço para o consumidor. 11-a)

Leave a Reply:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *