Como montar um empresa

mudança. A mudança que costuma causar desconforto (por que nos leva ao desconhecido) é a mola propulsora da sociedade. É a mudança que resolve os problemas, que muda paradigmas, que evolui, que melhora, que adapta, que avança. Vivemos há alguns anos um clima de mudança no Brasil que mostra todo dia a batalha entre as forças inovadoras e as forças conservadoras. Se não formos atores do processo, seremos figurantes.

Não há como escapar, é melhor atuar, criar, viver nao apenas por viver, apenas respirando, mas sempre mantendo dentro da alma a certeza de que estamos vivendo com rogresso, garantindo o futuro próprio e toda família. Como montar um empresa Premium By ilmabarra_s (benpanR 24, 2011 | II pages ‘Vipe next page R Apresentação A única coisa constante na vida é a Abrir o próprio negóc financeira e principal OFII pessoal. Seriedade, d ipfi, pilares para o sucess principal objetivo do a independência profissional e mor são os quatro imento.

E este éo despertar em você o sentimento empreendedor e assessora-lo no que for possiVel, trazendo também todos os aspectos legais e financeiros. Aqui você vai encontrar uma série de informações muito importantes eferentes aos processos de abertura de uma nova empresa, bem como endereços de órgãos ligados às pequenas empresas mais a nível regional. Ou seja, além de consultar esta base geral de informações que está agora a sua disposição, consulte também as Home Pages dos órgãos do seu estado, ficando assim atento às peculiaridades regionais.

Como abrir sua empresa: Descubra clicando aqui! Veja como legalizar sua empresa: Clique aqui e Sv. ‘ipe to View next page e saiba como! Principais impostos e taxas: Conheça-os clicando aqui! O Novo Empreendedor Seriedade, Disciplina, Criatividade e Amor. Você com certeza possui estas quatro características. A Seriedade e a Disciplina que são necessárias em todas as ações de nossa vida, tornarão o seu empreendimento forte, seguro, capaz de resistir às dificuldades impostas pelo ambiente externo, como no caso de uma grande crise financeira.

A Criatividade que juntamente com um espirito pesquisador, deixará sua empresa em condições de enfrentar muitas adversidades, bem como ajudarão na busca pela melhoria constante do seu produto ou serviço, sempre atento às necessidades da sociedade. E, por último mas não menos mportante, o Amor ao seu empreendimento será o seu diferencial, poder trabalhar em algo que nos proporciona prazer e retorno financeiro, sem dúvida é um privilégio.

Sua empresa terá o seu toque pessoal, sua organização, uma pintura diferente, um quadro, um cartaz, você será o principal diferencial, vai sentir amor por algo que você construiu, vai sentir muito orgulho. Existem várias outras características muito comuns à pessoa com espírito empreendedor: I Comunicação Muito importante em qualquer momento da vida, uma comunicação segura e bem trabalhada vai garantir oa parte do sucesso do empreendedor, tanto no que diz respeito à comunicação com os empregados como com fornecedores e até mesmo concorrentes: Tudo é possível de ser resolvido com uma boa conversa…

I Conhecer o ramo de atividade Através da experiência própria ou através de revistas, Informativos, livros, pesquisas em universidades, com outros empreendedores, etc, para aproveitar e identificar oportunidades, sempre pesquisa e identificar oportunidades, sempre pesquisando nas melhores fontes, promovendo sua curiosidade por novos caminhos que levem ao progresso da empresa. Liderança Administrar é planejar, executar e controlar.

Você precisará, muito mais do que ser um chefe, ser um líder, legitimando suas ordens e decisões para que o grupo trabalhe seguindo sempre os objetivos gerais da organização. Você vai precisar dar ordens, mas sempre que o empregado compreender, de forma transparente porque aquela decisão foi tomada, não ocorrerá nenhuma situação mais traumática, a ordem vai sair como algo natural e necessário. O L[der é um facilitador do trabalho do grupo e deverá também promover a união do mesmo.

O espaço físico da empresa, os documentos, Organização s pessoas, as máquinas, enfim, tudo aquilo que está interagindo para um objetivo final, seja um produto ou serviço, precisa estar bem ordenado, limpo, transmitir uma boa impressão ao cliente ou ao fornecedor. Todos os recursos da empresa precisam estar muito bem ordenados para otimizar o processo que leva ao produto final ou à prestação do serviço. Saber lidar com riscos Você vai se defrontar com situações muito arriscadas ao longo de sua vida como novo empreendedor.

Não se assuste, os riscos estão presentes em todos os momentos e deverão ser enfrentados sempre com muito profissionalismo, onhecimento e pesquisa. Planejamento Imprevistos sempre podem acontecer, mas um bom planejamento estratégico, de curto e longo prazo, vai lhe proporcionar uma maior segurança, você vai estar melhor amparado, principalmente se você destinar uma reserva mensal para estar melhor amparado, principalmente se você destinar uma reserva mensal para contingências, para situações não previstas.

Crie o seu plano, coloque no papel todas as suas idéias já a partir do momento em que decidiu optar por abrir um negócio próprio. Inclua no seu planejamento estratégico itens, informações tais como: Tipo de produto que ocê irá produzir ou serviço que irá prestar, determinando assim o seu ramo de atividade. Exponha no papel várias idéias, várias razões práticas e pessoais que justifiquem a sua escolha; Local onde você desenvolverá suas atividades: em muitos empreendimentos, a melhor escolha do ponto é um dos principais fatores do sucesso, sempre aliado a um ótimo atendimento. ? muito importante estar onde está o seu cliente e, se possível, distante de um concorrente direto. Verifique todos os detalhes, como, por exemplo, se o ponto tem fácil acesso, se tem estacionamento, segurança. Procure verificar na Prefeitura ou com os moradores se existe alguma obra prevista para aquela região. Analise também se a dimensão do ponto atende às necessidades da sua atividade, verifique as instalações elétricas e hidráulicas, veja quais reformas serão necessárias e qual a periodicidade de obras de conservação.

Seus consumidores, qual o seu mercado consumidor potencial. Faça pesquisas que lhe informem vários dados estatísticos dos moradores do bairro, ou mesmo da cidade e estado onde você iniciará suas atividades, principalmente no que diz respeito ? idade, sexo, renda, grau de instrução. Utilize questionários, faça ntrevistas, analise o ambiente.

Converse também com parentes e amigos, fornecedores e até mesmo com concorrentes; Concorr 40F também com parentes e amigos, fornecedores e até mesmo com concorrentes; Concorrentes, busque informações nos seus concorrentes; faça uma análise detalhada de seus produtos e serviços, verifique suas qualidades, anote possíveis defeitos, veja como você pode fazer melhor, crie diferenciais. Avaliação de todas as possibilidades de fornecedores, faça um catálogo com o maior numero possível de informações sobre todos os fornecedores de produtos ou serviços ligados ao seu amo de atividade.

Veja como legalizar sua empresa Para o empresário legalizar o seu negócio há todo um trâmite legal pelo qual ele deve passar nas três esferas de governo (Federal, Estadual e Municipal). No intuito de ajudá-lo nesta tarefa, preparamos uma lista com os passos que o empreendedor deve dar. É importante lembrar que cada estado pode ter particularidades que devem ser observadas e que podem não estar contidas nos itens abaixo. 1. Decisão da Natureza Jurídica 2.

Consulta Comercial 3. Busca de nome e marca 4. Arquivamento do contrato social/Declaração de Empresa ndividual 5. Solicitação do CNPJ 6. Inscrição Estadual 7. Alvará de licença e Registro na Secretaria Municipal de Fazenda 8. Licença sanitária 9. Matrícula no INSS 1) Decisão da Natureza Jur[dica A legislação brasileira contempla várias naturezas jurídicas, mas três delas são as mais utilizadas. legalmente até com o patrimônio pessoal pelas obrigações da empresa.

Sociedade por Responsabilidade Ltda Deve ser constituída por, no mínimo, duas pessoas físicas ou jurídicas, que solidariamente se responsabilizam (de acordo com o que for estabelecido em contrato) pelo negócio; Sociedade Simples ? constituída por, no mínimo, duas pessoas físicas, que exercem profissão intelectual, de natureza cientifica, literária ou artística e pertencem à mesma categoria de profissionais liberais. ) Consulta Comercial Finalidade A consulta comercial tem como finalidade a aprovação, por parte da Prefeitura Municipal, do local de funcionamento da empresa. para tanto, verifica-se a conformidade, em termos legais, das atividades a serem desenvolvidas com a área (bairro, rua, avenida) onde a empresa será instalada. Órgão responsável * Prefeitura Municipal * Secretaria Municipal de Urbanismo

Documentação necessária * Preencher um formulário próprio (Junta Comercial) * Anexar cópia do carnê de IPTU do local pretendido nformar * Área do estabelecimento em m2 * Atividade a ser desenvolvida no local 3) Busca de nome e marca site www. inpi. gov. br 4) Arquivamento do contrato social/Declaração de Empresa * Registrar o contrato social. Verifica-se, também, os antecedentes dos sócios ou empresário junto a Receita Federal, através de pesquisas do CPF. Junta Comercial ou Cartório (no caso de Sociedade Simples) para registro e arquivamento do contrato social Contrato Social ou Declaração de Empresa Individual – assinado em 3 vias * Cópia autenticada do RG e CPF dos sócios * Requerimento Padrão (Capa da Junta) em 1 via * Cópia autenticada do RG do elaborador do contrato, quando Microempresa * Cópia autenticada da OAB, quando necessário * Pagamento das guias através de GRP e DARF 5) solicitaçao do CNPJ * Incluir a empresa no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) órgão responsável * Receita Federal * Deve ser preenchido um formulário de CNPJ, via internet, disponwel no site da Receita Federal (www. receita. fazenda. gov. r) enviado à mesma, após, deverá ser impresso, assinado pelo administrador e reconhecido firma do DBE (documento básico de entrada) que anexado a u ntrato social autenticado 1 Serviços) * Receita Estadual; Agência de Rendas * DUC – documento único de cadastro em 3 vias * DCC documento complementar de cadastro em 1 via * Comprovante de endereços dos sócios, cópia autenticada ou original * Cópia autenticada do contrato de locação do imóvel ou escritura pública do imóvel; – quando for o caso * Certificado de regularidade do contador, cópia autenticada * Contrato de prestação de serviço do contador com a empresa Declaração de postergação do emissor de cupom fiscal ou nota fiscal de compra * Comprovante de contribuinte do ISS, para as prestadoras de serviços * Certidão simplificada da Junta Comercial para empresas constituídas a mais de 3 meses * Cópia do contrato social; Cópia do CNPJ * Cópia do alvará de licença * RG e CPF dos sócios 7) Alvará de licença e Registro na Secretaria Municipal de * Licenciamento para desenvolver as atividades no local pretendido. Liberação da inscrição municipal (ISS).

As empresas e os profissionais autônomos, que praticarem atividades de restação de serviços de qualquer natureza, estarão obrigados a se cadastrar no município * Secretaria Municipal da Fazenda * Preenchimento do for 80F o (Prefeitura); necessario 8) Licença sanitária * Comprovar que a empresa está em condições para funcionar dentro dos padrões de higiene e saúde * Cópia do contrato social * Cópia do CNPJ * Cópia do atestado de viabilidade, aprovado na consulta comercial 9) Matrícula no INSS * Quando o sócio não tem registro no INSS, deverá providenciar após a abertura da empresa * INSS – Instituto Nacional de Seguridade Social; Divisão de

Matrículas Dependendo da atividade a ser desenvolvida, haverá necessidade, ainda, de requerer laudos de outros órgãos municipais, tais como: * Secretaria de Meio Ambiente * Secretaria de Desenvolvimento Urbano * Corpo de Bombeiros * Secretaria de Vigilância Sanitária É muito importante consultar a legislação que diz respeito ao seu negócio para verificar quais os procedimentos necessários e se existe algum órgão público que exige autorização para funcionamento, pois muitos estados ou municípios podem ter diferentes especificações sobre al uns negócios. Código Tributário Nacional. Os Impostos: no caso dos impostos, a arrecadação é usada para financiar as despesas gerais do estado, como pagamento de servidores, obras públicas (escolas, postos de saúde, estradas). O benefício é coletivo, para toda a sociedade. * O Empréstimo Compulsório é de exclusividade da União e pode ser instituído em casos de calamidade pública, guerra ou iminência e investimento público urgente e relevante. Um exemplo de Empréstimo Compulsório foi a atitude tomada pela presidência de Fernado Collor de Mello, que confiscou a Caderneta de Poupança. As Contribuições Parafiscais (ou especiais) são, em princípio, e exclusividade da União e podem ser de três tipos diferentes 1. Contribuição Social (o PIS/PASEP e a COFINS). 2. Contribuição de intervenção no domínio econômico. (contribuição para controle de produção de açúcar, café, laranja dentre outras. ). 3. Contribuição de interesse de categorias profissionais ou econômicas. Ex: contribuições sindicais. para obter mais informações sobre os impostos e contribuições, clique nos links abaixo: IRPJ: -k INSS * Seguro DPVAT * Taxa anual de licenciamento I TR -k IPTIJ * PIS/PASEP * COFINS FGTS * Simples * Lucro real * Lucro presumido ou e 0 DF 11