Empresa um caso de sucesso

” empresa um caso de sucesso Você já deve ter se perguntado diversas vezes o que faz uma pessoa ter mais sucesso que outra. O que faz uma empresa faturar mais, ser mais conhecida, ou estar entre as melhores? Se formos estudar todas as práticas comuns das empresas de sucesso, vamos chegar à conclusão de que não existe uma fórmula mágica, uma receita de bolo, que vai transformar você num sucesso do dia para a noite. O que existe são pequenas coisas, que bem realizadas, vão trazer bons resultados, e que aos poucos, pode levar a sua empresa ao sucesso. o page As empresas de mai inco pilares: missão, inovação; ética; e ges impactar diretament Missão, Visão e Valores OFS Svipe nentp m em comum ância do cliente; que forma eles vão Ainda é fato que muitos dos funcionários que conhecem a missão de suas empresas, decoraram o que leram em algum manual de boas-vindas. Mas na prática, é a missão que vai conduzir as decisões mais importantes que você vai tomar todos os dias, e é ela que vai dizer quanto de longevidade a sua empresa vai ter no mercado.

Você nunca ouviu alguém dizer, se for para criar uma empresa, crie uma causa que as pessoas abracem e transforme ransforme isso num negócio? É exatamente este o caminho. As pessoas dificilmente vão abraçar o seu sonho como missão delas, mas a sua causa é diferente, principalmente se ela for forte o bastante para tocar os corações dos seus colaboradores. Na verdade a missão das empresas deve refletir exatamente a alma da companhia. Uma boa declaração de missão e um bom conjunto de valores são tão reais que chegam a ser palpáveis em muitas empresas.

Principalmente por aquelas que fazem a diferença e conhecem bem o significado da palavra sucesso. A Importância do Cliente Que importância o cliente tem na sua empresa? A cultura da importância do cliente para a empresa não pode ficar apenas no discurso. É preciso ir além. É preciso entrar no DNA da empresa e dos funcionários. Ou você acha que o cliente não percebe a diferença de tratamento que ele tem de uma empresa para a outra? Hoje mais do nunca, as pessoas buscam ser tratadas diferentes. Buscam novas experiências.

Outro ponto muito importante é mensurar a quantidade de clientes que você perde. Normalmente não olhamos para isso, queremos apenas saber quantos novos clientes entraram pela nossa porta hoje. Mas os clientes que nos deixam, dificilmente voltam. Inovação Você sabia que mais de um terço das inovações das empresas vêm dos clientes? E elas estão diretamen de um terço das novações das empresas vêm dos clientes? E elas estão diretamente relacionadas com as mudanças do mundo e com a capacidade ou falta de capacidade que nós temos de nos reinventar.

A capacidade de se reinventar como negócio, e de acreditar que muito daquilo que hoje parece absurdo, pode ter um fundamento amanhã. O maior inimigo das nossas realizações, sem sombra de dúvidas, é a nossa zona de conforto. ? ela quem nos impede de assumir mais riscos, de aprender novas habilidades e de apresentar novas idélas. Você pode inovar no seu jeito de atender o cliente, ou ainda no seu programa de fidelidade. Tão importante quanto você querer inovar, é saber que precisa criar uma cultura de inovação dentro da empresa.

Isso pode ser altamente lucrativo. Então, o que está faltando para você e sua equipe reinventarem a empresa? Etica Um levantamento feito em uma empresa norte-americana aponta que 48% dos empregados entrevistados praticaram algum ato antiético no ano anterior. Se esse mesmo estudo fosse feito dentro da sua empresa, o resultado seria muito diferente? A ética tem muito a ver com os princípios e valores das pessoas que trabalham nas empresas. Como você está cuidando dos valores dos seus funcionários?

Lembre-se da importância que eles têm para a longevidade da sua empresa. Sucesso verdadeiro não é algo qu 3 sua empresa. Sucesso verdadeiro não é algo que se constrói do dia para a noite. Portanto, se quiser ter sucesso, fique longe de tudo aquilo que esteja desalinhado com os seus valores. Lembre-se que o comportamento ético da organização é a base a responsabilidade social, expressa nos princípios e valores adotados pela empresa. E principalmente, que o exemplo precisa vir dos líderes.

Só assim você pode ter a garantia de que a ética na prática pode ser um bom atalho para a sua estrada rumo ao sucesso. Gestão de pessoas Responda rápido: o que é ser competente hoje? Se esta pergunta fosse feita pra você na década de 80, talvez a melhor resposta para definição de competência fosse: “é fazer o precisa ser feito da melhor forma possível”. Hoje, fazer o que precisa ser feito, da melhor forma possível, ? condição básica para você ser competitivo no mercado de trabalho, e está bem longe de ser uma boa definição para competência.

Ser competente é equilibrar as suas habilidades técnicas com as comportamentais, criando assim uma curva de competência ascendente. De nada adianta você ser um técnico nota dez e o seu comportamento ser nota dois. Fazer uma gestão de pessoas eficaz é muito mais do que ter um departamento de recursos humanos ativo. É se interessar de fat 4DF5 mais do que ter um departamento de recursos humanos ativo. É se interessar de fato pelas pessoas como seres humanos, não omo numeros ou suas frações de lucratividade.

Saber reconhecer o trabalho dos funcionários, ouvir suas opiniões, e mantê-los a par do seu progresso profissional são ferramentas poderosas para reter os talentos e garantir a eficiência na organização. O amor pelo seu trabalho é a única força capaz de gerar uma coesão incondicional entre as pessoas. E esse é o diferencial que vai gerar o compromisso. Eé esse comprometimento que vai determinar não só o seu tempo de vida na empresa, como também o tempo de vida da empresa no mercado.

E aqui fica a ergunta definitiva para você: você faria o seu trabalho com o mesmo entusiasmo se não recebesse nada por isso? *Alessandra Assad é diretora da AssimAssad Desenvolvimento Humano. Formada em Jornalismo, pós-graduada em Comunicação Audiovisual e MBA em Direção Estratégica, é professora universitária e em MBAs, colunista de vários meios de comunicação e palestrante. De 2003 a 2009, atuou como diretora de Redação da revista VendaMais, a maior revista de vendas do Brasil. É autora do livro Atreva-se a Mudar! — Como praticar a melhor gestão de pessoas e processos. ‘ S